domingo, 1 de maio de 2011

6 Meses

Nossa como o tempo ta apertado, também o vicio dos jogos do Orkut ta me dominando affff quando eu entro é só pra isso e mais nada.

Mas vamos as novidades do 6º mês:

* Nesse momento de vida Miguel tem duas melhores amigas: AS MÃOS. Gente ele não para, sabe um radar sempre em busca de algo novo pra futucar. Ele para, coloca a mão no alvo, mexe os dedinhos como quem toca piano e than tchan...... ataca e leva a boca tudo que ele quer. E quando ele não encontra nada de interessante serve as mãos mesmo pra ficar na boca.

Também descobriu que jogar as coisas no chão é legal e haja coluna pra ficar nesse baixa e levanta, catando tudo do chão.

Ele também já passa os objetos de uma mão pra outra, ou seja, ele ta um expert quando o assunto são as mãos.

* Ele já está rolando pra lá e pra cá, mas como sempre meio de preguicinha, só quando quer, quando tem vontade ou quando lhe interessa. Na grande maioria das vezes fica do jeito que ta que ta bom (coisas de Miguel).

* Ele continua sociável, não estranha ninguém, ele apenas fica sério e passa a observar e com isso sempre ouço a frase “ Nossa como ele é sério!”, puro engano...Miguel é muito gaiato, rir com tudo e fala pelos cotovelos, mas tudo isso em casa, no meio de pessoas conhecidas.

* A linguagem dele aumentou bastante e muitas vezes os sons que ele emite parecem familiares, tipo: “mama”, “titi”, “naoo”, “ da”... Bom, prefiro acreditar que são apenas sons parecidos e não com a intenção real das palavras heheheheh

O primeiro dente enfim nasceu, ou melhor, os primeiros. Isso mesmo, chegaram 2 dentinhos de vez e lógico que derrubou meu gotoso. Ele ficou muito gripado, entupido e com muita tosse, graças a Deus não teve febre, mas ficou bem ruim tadinho, perdemos 3 noites com ele chorando muito, por que ele acordava sufocado, ele chorava de um lado e eu do outro. Gente eu NUNCA chorei na hora das vacinas e nem no temido teste do pezinho, mas basta eu ver ele sofrendo por qualquer outro motivo de sofrimento, pronto, eu desabo a chorar.E na segunda noite de tempestade ele na cama comigo, tira a chupera segura minha mão e coloca bem em cima do dentinho, como quem diz: “Olha mãe quem chegou, é por isso que estou dodói...”, colocou a chupeta de volta e dormiu. Nunca vou me esquecer dessa cena e claro chorei mais ainda......

E hoje meu pai achou o outro dentinho, um do lado do outro. E a gripe????? Passou, só a tosse que ainda persiste.

Depois eu volto pra contar mais, pq depois de 4 dias dormindo na cama o mocinho não quer conta de ir pro berço.

Bjs doces